Por MARIA LÍGIA PAGENOTTO

— Vamos lá, tá na hora de dormir.
— Mas eu não tô com sono! Não vou dormir.
—Vamos… não tem essa de querer ou não. Tem de dormir e pronto! Já é tarde e acabou a brincadeira.
— Não quero!!
— Vem cá, vamos colocar sua camisola da Wendy, porque o Peter Pan pode passar por aqui esta noite e te levar pra Terra do Nunca. Você tem de estar preparada.
— Não quero!!!
— Não quer ver o Peter Pan??
— É não quero! E isso não existe! É tudo bobagem, pára de falar bobagem!
— Ué, desde quando o Peter Pan é bobagem?
— Ele não existe! Nada disso existe. Não existe o Peter Pan nem a Terra do Nunca. Também não existe fada nem nada!
— Eta, você tá mal-humorada… deve ser o sono. Vamos dormir.
— Não quero dormir! Não tô com sono… E não tô mal-humorada! É verdade que não existe nada disso. A Michele, lá na escola, falou que tudo isso é bobagem.
—Ah, é? A Michele falou isso, é?
— É, ela disse que não existe fada, nem Peter Pan, nem Terra do Nunca, nem Batman, nem Super-Homem, nem Papai Noel. Tudo isso é mentira. Ela disse que só Deus existe.
— Nossa, é mesmo? E você acredita nela?
— Ué, se ela é adulta e falou isso, porque eu não vou acreditar?
— Ah, e você acredita em tudo o que os adultos falam? Desde quando?
— Ela falou e pronto! E não vou dormir!
— Bom, tá… mas sabia que esse negócio de acreditar ou não é de cada um? Não é ela quem tem de dizer a você o que existe ou não existe. Você acredita no que você quer. E pode dizer pra ela que tem gente que não acredita nem em Deus, mas nem por isso pra ela ele deixa de existir.
— Humm, é verdade… Tem gente que não acredita em E.T., mas eu sei que eles existem. Eu, a madrinha Aninha e o pai da madrinha Aninha acreditamos neles, mas não é todo mundo que acredita.
— Isso mesmo. Isso tudo é questão de fé, pra quem tem fé, essas coisas existem.
— E o que é fé?
— Humm, é você acreditar muito numa coisa. É quando você tem certeza de que aquilo realmente existe.
— Ah, tá bom.
— E agora vamos dormir com a camisola da Wendy e ter fé que o Peter Pan vai passar por aqui. Beijinho e boa-noite.
— Tá bom, mamãe, eu coloco a camisola. Mas não sei se vou dormir, não estou com sono ainda.
— Ai, vai dormir, sim, tem de dormir e pronto. Não tem querer.
— Mamãe, você é chata! Eu queria ter fé que você não existisse, assim você não existiria pra me fazer dormir na hora que eu não quero dormir.
— Olha…
— E eu não tenho sono e por isso não vou dormir.
— Tá certo, eu desisto, pode fazer o que você quiser… eu tô indo dormir, cansei.
— Coloca então o filme do Peter Pan?
— Ué, você acabou de dizer que não acredita nele. Pra que ver o filme dele, então?
— Ah, mas por isso mesmo que eu quero ver o filme dele. Pra ver se eu fico com mais fé nele agora! Coloca, vai mamãe… eu quero ter fé no Peter Pan, me ajuda…!
— Ai, não, chega… pra cama já e acabou!
— Buáááááá!!!!

Advertisements